Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Arquivo | Império - Recuperação da Floresta da Tijuca – RJ

Publicado: Segunda, 13 de Novembro de 2017, 01h26 | Última atualização em Terça, 10 de Outubro de 2017, 12h41 | Acessos: 102

Ao longo de quatro séculos de ocupação, a vegetação de Mata Atlântica que recobria o Maciço da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro, foi devastada para diversos fins, especialmente para cultivo de cana-de-açúcar e café, assim como para extração de madeira.

Nas primeiras décadas do século XIX, o desmatamento do Maciço da Tijuca tornou-se um grave problema ambiental. Com o desflorestamento nas nascentes dos rios, houve sucessivos períodos de escassez de água na capital do Império. Diante disso, em 1861, D. Pedro II ordenou a desapropriação de uma extensa área e o replantio das partes degradadas com árvores de espécies nativas.

O reflorestamento do Maciço da Tijuca foi um empreendimento monumental, executado sob a liderança do Major Manoel Gomes Archer, entre 1862 a 1874, e sob o comando de Luís Henrique Robert d’Escragnolle entre 1875 e 1888. Estima-se que entre 90 e 100 mil árvores tenham sido plantadas no Maciço, o que torna a Floresta da Tijuca a primeira da história a receber um projeto de reflorestamento de tal magnitude.

 

Mapa demonstrativo das arvores plantadas ao longo do ano de 1866, relatando o plantio de 23.518 árvores desde 1862.
Fundo Administração da Floresta da Tijuca. BR_RJANRIO_TA_0_0_0019_m0001

 

 

Por: Coordenação-Geral de Acesso e Difusão Documental - COACE

-

ASCOM-Assessoria de Comunicação Social

Visite nossas redes sociais:
Twitter - https://twitter.com/ArquivoBrasil
Facebook - https://www.facebook.com/arquivonacionalbrasil
Pinterest - https://br.pinterest.com/arquivonacional
Instagram - https://www.instagram.com/arquivonacionalbrasil
YouTube - https://www.youtube.com/channel/UCcB7XUfJLfmtXx5KRKWAwCg
SoundCloud - https://soundcloud.com/arquivo-nacional
Flickr - https://www.flickr.com/photos/arquivonacionalbrasil/

Para consultar o acervo do Arquivo Nacional, acesse: 
http://www.arquivonacional.gov.br/consulta-ao-acervo/sian-sistema-de-informacoes.html

registrado em:
Fim do conteúdo da página