Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Dia internacional da Mulher: conheça o fundo Federação Brasileira pelo Progresso Feminino
Início do conteúdo da página

Dia internacional da Mulher: conheça o fundo Federação Brasileira pelo Progresso Feminino

Escrito por Camila Souza | Publicado: Sexta, 08 de Março de 2019, 16h00 | Última atualização em Segunda, 11 de Março de 2019, 10h37

Hoje, 8 de março, é o Dia Internacional da Mulher, marco na luta feminina por direitos. A origem da data é controversa, mas é consensual que a ideia de dedicar um dia às reivindicações femininas surgiu de diversas manifestações e ações organizativas de operárias no início do século XX. Ações no dia 8 de março começaram a ser realizadas na década de 1910 e a data ganhou proeminência na década de 1960. Em 1975, o dia foi oficializado pela Organização das Nações Unidas – ONU.

Parte da história da luta feminina no Brasil pode ser conhecida pesquisando o acervo do Arquivo Nacional, no conjunto de documentos da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino (FBPF), cujo embrião é a Liga pela Emancipação da Mulher. A FBPF foi fundada pela bióloga, deputada e feminista brasileira Bertha Lutz em 1922, com objetivo de lutar em prol dos direitos da mulher, incluindo os políticos e civis; participação no mercado de trabalho; acesso à educação, entre outros assuntos pertinentes à busca por equidade. A FBPF contribuiu para a conquista do voto feminino, garantido na Constituição de 1934 e teve sua atuação paulatinamente diminuída após a decretação do Estado Novo em 1937. A entidade continuou a existir, contudo, tendo sido fechada apenas em 1986.

O Fundo FBPF do Arquivo Nacional é dividido em três seções - Bertha Lutz, Administração e Produção intelectual de terceiros e é composto por documentos textuais (manuscritos e datilografados), iconográficos, sonoros, bibliográficos, cartográficos, e ainda publicações - estas últimas sob guarda da Biblioteca do Arquivo Nacional.

Parte dos documentos textuais do acervo entrou em processo de microfilmagem/digitalização a partir de maio de 2018, fazendo com que uma parcela do fundo se encontre com acesso restrito. Para consultar os conjuntos documentais disponíveis ao usuário, acesse o Sistema de Informações do Arquivo Nacional aqui. Parte do fundo também está acessível ao público na galeria do Arquivo Nacional no Wikimedia Commons, aqui.

Em razão da sua importância para a história da luta feminina por emancipação, o Fundo Federação Brasileira pelo Progresso Feminino – FBPF foi aprovado no ano de 2018 para inscrição no Registro Nacional do Brasil no Programa Memória do Mundo da Unesco/Memory of the World – MoW.

Na imagem, Congresso da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, 1922. Arquivo Nacional. Fundo Federação Brasileira pelo Progresso Feminino. BR_RJANRIO_Q0_ADM_EVE_CNG_FOT_0001_003.

 


Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons Atribuição-Sem Derivações 3.0 Não Adaptada (CC BY-ND 3.0)

registrado em:
Fim do conteúdo da página