Mulheres na História

Niomar Moniz Sodré Bittencourt

Na série Mulheres na História, apresentamos algumas das personalidades femininas cujos acervos são guardados pelo Arquivo Nacional e que se tornaram referência em épocas e áreas de conhecimento diversas. Hoje, apresentamos a trajetória de Niomar Moniz Sodré Bittencourt.

Dos 305 conjuntos documentais privados guardados pelo Arquivo Nacional, apenas 26 são de mulheres, sintoma da falta de representatividade feminina em espaços de poder. São documentos produzidos desde o século XVII aos dias atuais, doados por personalidades brasileiras, como políticos, artistas e intelectuais, ou ainda por instituições, como forma de preservar a memória nacional.
Os acervos reúnem registros de nomes como Mário Lago, Salgado Filho, Apolônio de Carvalho, Luís Carlos Prestes, Família Ferrez, do jornal Correio da Manhã e da União dos Ferroviários do Brasil.

Niomar Moniz Sodré Bittencourt (1916-2003)

Escreveu para vários jornais e revistas. Em 1948, foi fundadora do Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio de Janeiro, juntamente com Paulo Bittencourt, diretor do Correio da Manhã. A partir de 1963, com o falecimento de Paulo, tornou-se proprietária e diretora do Correio da Manhã.

foto niomar serie mulheres

Imagem: Niomar recebe o Marechal Lott no Correio da Manhã, em 1965 - BR_RJANRIO_PH_0_FOT_11934_013

O jornal sofreu forte repressão e até um atentado a bomba, atribuído aos militares. Havia o interesse da ditadura civil-militar em fechar o jornal e dar mais visibilidade a outros concorrentes, mais afinados com o novo regime criado em 1964. Em janeiro de 1969, Niomar Moniz Sodré teve seus direitos políticos suspensos pelo Ato Institucional nº 5 (AI-5), sendo depois enquadrada na Lei de Segurança Nacional e presa. Submetida a processo judicial, foi absolvida em 1970.

Foi diretora executiva do MAM durante dez anos. Participou ainda da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio de Janeiro, tendo sido representante do Brasil na Bienal de Veneza e da ABI na Conferência de Chapultepec, na cidade do México.

Ascom
13/07/2017

Visite nossas redes sociais:

Twitter - https://twitter.com/ArquivoBrasil
Facebook - https://www.facebook.com/arquivonacionalbrasil
Pinterest - https://br.pinterest.com/arquivonacional
Instagram - https://www.instagram.com/arquivonacionalbrasil
YouTube - https://www.youtube.com/channel/UCcB7XUfJLfmtXx5KRKWAwCg
SoundCloud - https://soundcloud.com/arquivo-nacional